Dr. Gilberto Agostinho

CREFITO3 21793F

Entrevistado em programas de T.V.

DOR NAS COSTAS - LOMBALGIA, CERVICALGIA E CIÁTICO

Atendimento Telefônico: 2959-7528 de Segunda a Quinta das 11:00h às 19:30h

R. Emb. João N. da Fontoura, 242 - Santana - SP

MAPA

SEGUNDAS e QUARTAS das 15:00h às 19:30h

AGENDAR CONSULTA

Av. Paulista, 1471 Cj. 1516 - Plan. Paulista - SP

MAPA

TERÇAS e QUINTAS das 13:00h às 19:30h

AGENDAR CONSULTA

VIDEO SOBRE CAUSAS DE DORES NAS COSTAS, PERNAS E BRAÇOS

VIDEO SOBRE O NOSSO TRATAMENTO

RESUMO DAS ENTREVISTAS COM O DR. GILBERTO AGOSTINHO NA TV

Se você gostar desta página, por favor, indique ao Google, clicando no botão do +1. Grato

DOR NAS COSTAS (LOMBALGIA, CERVICALGIA OU CIÁTICO)

Nos países industrializados as estatísticas apontam quantidades muito elevadas de pessoas que sofrem de dor nas costas (lombalgia ou ciático).

As razões pela quais as pessoas são acometidas de dor nas costas são diversas. Nossa coluna foi concebida para a posição horizontal, como nos animais, onde os discos intervertebrais originalmente concebidos faziam apenas uma ligação elástica entre as vértebras. Com a evolução do homem passamos a adotar a popisção vertical, contudo nossa coluna ainda não está totalmente desenvolvida e adaptada a esta posição.

Grande parte das lesões sofridas na coluna é devido a fatores ocupacionais:
> Exercícios físicos excessivos;
> Inclinações e giro frequentes do tronco;
> Levantar, empurrar/ puxar pesos de forma constante;
> Vibrações;
> Fatores emocionais, como tensões e stress.

SEM DOR NAS COSTAS NOS ANIMAIS COM A COLUNA NA HORIZONTAL

Quando adotamos a postura ereta, ou seja, em pé, nossa coluna passou a carregar o peso da cintura para cima além da função de amortizar os esforços verticais aos quais somos expostos a cada passo o que contribui para a dor nas costas.

Todo o tempo de existência do “homo sapiens” ainda não bastaram para a adaptação de nossa coluna a tanta sobrecarga motivo de dor nas costas, o que requer um período muito mais longo para adaptações estruturais.

O fato de muitas pessoas serem sedentárias causa enfraquecimento na musculatura responsável pela sustentação da coluna alinhada e portanto causando dor nas costas.

O estresse além de causar dor nas costas, contribui para a degeneração precoce de músculos e esqueletos, originando contraturas contínuas entre as vértebras, ocasionando a compressão dos discos e proporcionando alterações anatômicas nas vértebras a longo prazo, como por exemplo osteófitos (bico de papagaio).

Há dor nas costas apenas de ordem muscular, onde muitas vezes a massagem resolverá, mas quando existe alguns dos motivos citados anteriormente será necessário o tratamento adequado.

Os direitos autorais sobre a hp dor nas costas, lombalgia, cervicalgia, hérnia de disco são reservados ao Dr. Gilberto Agostinho.

ANATOMIA E FISIOLOGIA DA NOSSA COLUNA, PARA ENTENDER A DOR NAS COSTAS

A coluna possuí 3 regiões:

1) Região Lombar formada por 5 vértebras que se localizam entre a pélvis e costelas.

Os discos intervertebrais preenchem os espaços existentes entre as vertebras funcionando como amortecedores, os quais possuem um núcleo pulposo que a cada compressão gera uma força centrífuga e uma fibra anelar que envolve e contém disco.

Os nervos passam do plexo lombar por meio de forames (buracos) intervertebrais percorrendo os discos.

O fato de as vértebras lombares possuirem grande mobilidade se deve a sua junção com o sacro o qula é praticamente imóvel.

Comumente os sintomas são:

- Dor nas costas na região lombar;

- Dores nas pernas, podendo ocorrer parestesia (formigamento);

- Maior sensibilidade e alteração motora nas pernas;

- Poderão ocorrer mudanças sensoriais na região da virilha e em orgãos genitais.

2) Região Torácica formada por 12 vertebrasl.

Comumente os sintomas são:

- Dores e sensibilidade na região dorsal;

- Fraqueza, rigidez e / ou deformidade nas costas;

- Dores que se propagam da caixa torácica ou abdômen.

A compressão de nervos na região torácica pode ocasionar sintomas cardíacos como por exemplo taquicardia e dores no peito, conforme relatam algumas pessoas, cuja visita ao cardiologista descartar a possibilidade de doenças cardíacas.

As causas de dor nas costas torácica são por diversas vezes obscuros. Em vários casos os sintomas são consequência de alongamentos excessivos e / ou rupturas de modo geral suave de tecidos moles.

A escoliose severa (corcunda) e demais deformidades que possam seguir a trauma ou algumas doenças neurológicas e musculares causam dor nas costas.

3) A região cervical é formada por 7 vertebras e é facilmente acometida de problemas degenerativos por causa da anatomia complexa e seus amplos de movimentos (laterais, frente, trás e rotacional). Abaixo da cervical os nervos da medula, passam através dos forames (buracos) enervando-se nas diversas regiões do corpo.

Comumente os sintomas são:

- Enxaqueca (cefaléia);

- Dores no pescoço ou garganta;

- Dores nos ombros;

- Braço (dor, dormência ou fraqueza).

DOR NAS COSTAS E ALTERAÇÕES POSTURAIS

Normalmente a dor nas costas é originada pela compressão na raiz de um nervo, em algumas vezes ocasionada por uma hérnia de disco, osteófico bico de papagaio ou contratura dos músculos da coluna, acarretando dor nas costas.

No caso da dor ciática (nervo ciático), a qual percorre a perna e em determinadas específicas, podendo atingir os pé. Esta dor pode começar nas costas (lombar) ou nádegas, atingindo coxa, joelho, panturrilha, calcanhar e na maioria das vezes o pé.

Observamos na figura ao lado as prováveis trajetórias da dor nas costas somada a dor ciática (nervo ciático).

Ocasionalmente a dor é seguida por sensações de queimação, formigamento, dormência ou hiper sensibilidade, produzidas pela irritação do nervo.

As região do sacro e lombar são repetidas vezes afetadas.

Os direitos autorais sobre a hp dor nas costas, lombalgia, cervicalgia, hérnia de disco são reservados ao Dr. Gilberto Agostinho.

HÉRNIA DE DISCO – DOR NAS COSTAS E PARESTESIA (FORMIGAMENTO)

Uma das mais intensas dores é ocasionada pela hérnia de disco que acarreta dor nas costas ocasionando parestesia (formigamento) na área atingida, braços ou pernas.

Mais informações sobre hérnia de disco e dor nas costas na minha outra página: HÉRNIA DE DISCO

ESCOLIOSE E DOR NAS COSTAS

O desvio lateral da coluna vertebral causando uma curvatura é denominado escoliose.

A escoliose têm como característica um desvio frontal, estes desvios das vértebras produzem um ângulo de inclinação lateral, a qual procura equilibrar restaurando a gravidade para o centro rotacionando o lado oposto. Em consequência disto a rotação origina uma assimetria de costelas e portanto deforma a caixa torácica, conhecida como corcunda da costela.

A escoliose distingui-se pela presença de uma curva principal e uma ou mais curvas de compensação repetidamente associada com um desvio do plano sagital (cifose) refere-se a cifoescoliose.

A escoliose geralmente é assintomática (não causa dor nas costas) podendo de maneira indireta, contribuir para o surgimento de outros distúrbios da coluna, devido ao desiquilíbrio da distribuição de peso em cada disco.

Mais informações a respeito do nosso tratamento natural da escoliose: ESCOLIOSE

HIPERLORDOSE E DOR NAS COSTAS

Lordose é uma curvatura fisiológica da coluna lombar posterior. Com o aumento desta curvatura, há uma hiper-lordose. isto pode ser observado em crianças com músculos abdominais que não estão bem desenvolvidos e em adultos com a musculatura abdominal flácida.

HIPERCIFOSE

É a curvatura de maneira exagerada da coluna dorsal devido a:

- Doença degenerativa (tais como artrite);

- Problemas de desenvolvimento;

- Trauma (fraturas de compactação osteoporose);

Os sinais e sintomas da cifose:

- Curvatura acentuada;

- Dor nas costas na região dorsal;

- Fadiga;

- Rigidez da coluna vertebral;

- Dificuldade respiratória (em casos severos).

Saiba mais sobre hiperlordose e cifose (gibosidade / corcunda): CIFOSE e HIPERLORDOSE

ESPONDILOLISTESE

É o escorregamento de uma vértebra, geralmente anterolistese e muito raramente retrolistese. Em geral dá-se na região lombar, apesar de que haja a possibilidade de ocorrer na cervical e dorsal.

Normalmente é decorrente da instabilidade da coluna, derivado da combinação de mudanças degenerativas do disco intervertebral, ligamentos e articulações.

Existe também a espondilolistese causada por fraturas por stress (exercícios praticados de forma errônea e constante)

Os sinais e sintomas são:

- Dor nas costas ( dor lombar quando a espondilolistese for lombar);

- Dor nas costas somada a dor ciática piorando quando em pé ou andando (quando a espondilolistese for lombar);

- Dor no pescoço e nuca, podendo espalhando-se para o ombro e até para o braço (quando a espondilolistese for cervical).

Os direitos autorais sobre a hp dor nas costas, lombalgia, cervicalgia, hérnia de disco são reservados ao Dr. Gilberto Agostinho.

DOENÇAS RELACIONADAS AO METABOLISMO LEVANDO A DOR NAS COSTAS

OSTEOPOROSE

É uma doença metabólica muito comum, que é a diminuição da densidade óssea, levando os ossos a ficarem mais facilmente propensos a serem fraturados.

Sintomas da osteoporose:

Osteoporose nas vértebras:

Dor nas costas que se inicia em um ponto nas costas se espalhando ao caminhar. As vértebras podem ter fraturas espontâneas ou após leve pancada. Estas fraturas, nas vértebras, podem causar alguma deformação na coluna vertebral.

Osteoporose nos ossos em geral:

Pode levar a fraturas com apenas pequena queda ou impacto. Destas fraturas a mais grave é a do quadril.

COMO PREVENIR OSTEOPOROSE

- Ingerir diariamente alimentos com muito cálcio;

- Exercícios ou , pelo menos, caminhar bastante;

- Receber doses diárias de sol (mas antes fale com seu dermatologista).

ARTROSE

Artrose é uma doença que acomete as articulações e é degenerativa e progressiva.

Uma das mais comuns doenças reumáticas.

As articulações geralmente afetadas são da coluna, quadril, joelho e dedos.

É classificada em forma primária e secundária.

Sintomas

O sintoma mais comum é a dor, que piora com o movimento.

Com a piora da doença pode aparecer sensação de rigidez matinal.

Quando a artrose é no quadril causa muita dor nas costas.

É comum ocorrerem deformações, principalmente nas mãos.

COMO PREVENIR DOR NAS COSTAS

Dor nas costas pode ser prevenida observando o equilíbrio entre a vida sedentária e a atividade esportiva.

Não exagerar nem nos esportes nem no descanço já ajuda na prevenção da dor nas costas.

Sempre procure o “caminho do meio” como já diz o velho ditado Chinês, isso o ajudará a ficar longe da dor nas costas.

Caso isso não seja suficiente para afugentar a dor nas costas, siga os conselhos abaixo:

ERGONOMIA PARA EVITAR DOR NAS COSTAS

Para a devida prevenção de dor nas costas é importante seguir uma correta ergonomia.

A cadeira deve ser confortável,na sua arquitetura e sua altura em relação à mesa ou o teclado. Permitindo alcançar o chão com os pés, mantendo a coluna ereta e evitando dor nas costas.

A altura do tampo da mesa de trabalho deve permitir o devido repouso dos braços. A tela do computador deve estar na altura dos olhos.

Para evitar tendinite é útil usar apoio para os braços.

Ficar parado por muito tempo pode causar dor nas costas, permita-se uma parada para se alongar.

Os direitos autorais sobre a hp dor nas costas, lombalgia, cervicalgia, hérnia de disco são reservados ao Dr. Gilberto Agostinho.

CRIANÇAS E DOR NAS COSTAS

O método ideal de prevenir dor nas costas é criar hábitos adequados desde a infância. Observar na criança o desenvolvimento de alguma deformação postural (escoliose, por exemplo). Não transportar malas ou mochilas em apenas um lado do corpo. Incentivar a criança a não ficar muito tempo parada no computador.

Estar sempre consultando seu pediatra.

Prefira sempre carrinhos com rodinhas. Caso nao seja possível tente distribuir o peso dos dois lados do corpo para evitar dor nas costas.

 

O esforço que recai sobre a 3ª vértebra lombar fica muito aumentado quando o esforço é apenas de um lado do corpo, podendo causar dor nas costas. Veja na figura ao lado.

DORMIR LIVRE DA DOR NAS COSTAS

sempre deite de lado. Isto já ajuda muito para evitar dor nas costas.

Compre um colchão adequado ao seu peso. Se você usar um colchão inadequado, ficará torto (mesmo sem perceber isto) a noite toda. Desta forma estará se dirigindo a dor nas costas, no dia seguinte ou em breve.

POSTURA IDEAL PARA IMPEDIR O APARECIMENTO DE DOR NAS COSTAS

Mantenha sua coluna ereta corrijindo constantemente sua sua postura.

O resultado é menos sobrecarga na coluna evitando uma possível dor nas costas.

RELAXE PARA EVITAR DOR NAS COSTAS

O relaxamento dos músculos do corpo é benéfico para prevenção e também para amenizar a dor nas costas.

Pessoas tensas contraem em demasia toda musculatura paravertebral, que é encarregada de conservar as vértebras unidas. Com a constante contração desta musculatura, ocorre a compressão dos discos entre as vértebras, acarretando dor nas costas.

Respire profundamente e inspire lentamente para alongamento das costelas, isto reduz as tensões originadas nos músculos intercostais.

A expiração longa relaxa o abdómen, aliviando de forma imediata a fadiga.

Alguns minutos diários são o bastante para dar resultado satisfatório.

Mais informações sobre nosso tratamento para o combate da dor nas costas de forma natural:

R. Embaixador João N. da Fontoura, 242 - Santana - SP

MAPA

SEGUNDAS e QUARTAS das 15:00h às 19:30h

AGENDAR CONSULTA

Av. Paulista, 1471 Cj. 1516 - Plan. Paulista-SP

MAPA

TERÇAS e QUINTAS das 13:00h às 19:30h

AGENDAR CONSULTA

Agendamento de Consultas: 2959-7528 de Segunda a Quinta das 11:00h às 19:30h

Valid XHTML 1.0 Strict

Valid XHTML 1.0 Strict